domingo, 8 de janeiro de 2012

monólogo

Olho um por um os livros da estante. Já li todos.
E as revistas também; todas ali; que estão empilhadas.
Empilhar diminui o espaço e o valor também.
E os filmes. Esses eu já vi e revi, aliás.
Embaixo ficam os discos que eu escuto todos os dias.
Preciso trocar de vida com alguém. Ou então me repetir eternamente.
Se repetir às vezes é até bom; mas hoje estou especialmente entediada e o meu livro favorito não vai me salvar.
Nem meus amigos.
Nem mesmo uma boa taça de vinho.
Nem todas essas cores gritantes que me cercam: azul, laranja, vermelho.
Acho que na verdade sou o oposto de todas elas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário