terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

carnaval

Após o almoço Antonio saiu para passear com sua cachorra no parque perto de sua casa. Era terça-feira de carnaval O último suspiro. Na manhã seguinte ele estaria trabalhando e tudo faria parte do passado. Sabia.

Aproveitou então cada segundo com Olga, uma labradora marrom um pouco acima do peso.
Antonio não dava a mínima para os festejos do feriado e também não tinha dinheiro sobrando para fazer uma viagem curta ao litoral.

Quando voltou de seu passeio tomou um longo banho gelado; penteou seus cabelos molhados para trás e andou até a sala. Ainda com a toalha no pescoço escolheu um disco para escutar. Um vinil instrumental de Milton Banana. Colocou sua camiseta regata favorita; verde e velha.

Logo depois seus olhos passearam pela estante de livros. Selecionou alguns de fotografia. Farkas e Bresson foram inclusos.

Antonio não acreditava possuir um dom incomum; mas reconhecia que a ele pertencia o talento de observar.

Então observou.

Folheou livro por livro, foto por foto.

E a fome apertou.

Preparou uma deliciosa porção de guacamole acompanhada de nachos, abriu uma cerveja, aconchegou-se no sofá e, ao lado de Olga assistiu aos seus filmes favoritos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário