sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

tudo já faz tanto tempo que tanto faz

Passa a noite em claro ouvindo Smiths... Tudo já faz tanto tempo que tanto faz, ouvir.
Passa as tardes, quentes, de verão, dormindo em seu quarto; inerte, sob o efeito do Dramin. Assim não se aborrece. Assim se esquece dos outros e da vida dos outros, que pulsa, enquanto a sua, só repulsa...

Nenhum comentário:

Postar um comentário