domingo, 10 de março de 2013

coragem

Minha batata doce morreu.
Minha vida é um saco.
Mas tenho medo de morrer, sequer vontade.
Sou covarde.
Ou assistir filmes demais me faz pensar que sou covarde.
Ou por ter lido os Beats.
Mas eu devo ser mesmo.
Não adianta botar a culpa no cinema ou em qualquer outra coisa.
Minha batata doce morreu e até agora – faz mais de uma semana – eu não tive coragem de tirá-la do vaso. O que se faz quando uma planta – uma raiz – morre?
Seria irônico enterrá-la.

Nenhum comentário:

Postar um comentário