domingo, 19 de janeiro de 2014

como numa música

Como numa música simples que ganha um solo de saxofone despretensiosamente elegante ela caminha pelas calçadas de Ipanema e faz uma curva na esquina e desaparece deixando pra trás um lance de seu perfume. Como numa música que terminha mas não termina até o eco desaparecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário