terça-feira, 16 de dezembro de 2014

subsolo mondrian

é que a música
a música em SI às vezes é si menor demais
e devemos encontrá-la em outros cantos
como nessa manhã de terça-feira em que eu lia meu querido cortázar e seu diálogo de ruptura
e a quebra da partitura se fez quando um senhor entrou no vagão do metrô e eu abri espaço para ele se sentar, ainda sem tirar completamente os olhos do livro
e então eu o vi e não consegui mais tirar
vermelha amarela e azul sua camisa parecia mais uma obra de mondrian
ele ria e ria sem parar
ele falou comigo e eu com fones de ouvido não escutei e quando os tirei
a verdadeira música começou a tocar
ele ria e ria sem parar
e disse que gostou da minha mochila e que também era um mochileiro
e com sua esposa falava sobre viajar
ele ria e ria sem parar
numa euforia tão boogie
num compasso que não caberia à música pautar, mas quem sabe à boris vian se estivesse no meu lugar

Nenhum comentário:

Postar um comentário