segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

parece que agora só consigo escrever naquele caderno amarelo

Antes que eu fique triste, escolhe um disco pra tocar.
Antes que você pegue no sono, deita comigo nesse tapete.
E traz o copo que eu deixei na mesa.
Acho que já estou vendo tudo girar.
Mas se eu fechar os olhos.
Essa semana eu tentei escrever um texto e não consegui.
Parece que agora só consigo escrever naquele caderno amarelo.
Eu vou tentar de novo.
Se conseguir, vou te mostrar.
Gosto do seu cabelo assim.
Você não devia cortar.
Qual o nome desse pianista?
Que horas você precisa acordar?
Eu gosto da sua boca que embora aberta não tem nada pra falar.
E gosto da sua mão.
E de onde ela está.
Mas se eu fechar os olhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário